Arquivos da categoria: educação

Debates e Hacks em busca da melhora do ensino no Brasil.

IA e eu II: O que já passou

Se você ficou decepcionado que o post anterior não continha nenhuma menção à Matrix ou ao Arnold Schwarzenegger, não se preocupe. Hoje vamos começar a dar uma olhada no que já foi feito em termos de Inteligência Artificial. Porém, se você não aguenta mais historinha recomendo pular este post aqui também. Nos vemos no futuro.

Há milhões de anos atrás, no futuro..

O primeiro trabalho a ser considerado efetivamente “Inteligência Artificial” foi feito em 1943 por Warren McCulloch e Walter Pits, no qual foi proposto o modelo de funcionamento de um neurônio artificial. Este neurônio podia assumir os estados “ligado” e “desligado”, determinado em resposta aos estímulos proporcionados pelos outros neurônios vizinhos. Foi demonstrado também que uma rede de neurônios artificial conseguia computar qualquer função computável e sugerido que a mesma poderia aprender. Em 1949 Donald Hebb demonstrou uma simples regra pela qual a força de conexão entre os neurônios poderia ser modificada, a qual ficou conhecida como Aprendizado Hebbiano. Logo em seguida, em 1950, foi construído o primeiro computador de rede neural chamado de SNARC que fora feito com 3000 tubos de vácuo e conseguia simular uma rede de 40 neurônios.

Continue lendo IA e eu II: O que já passou

IA e eu

Não é difícil achar exemplos de teorias científicas ou tecnologias que sofreram com a falta de compreensão do público em geral. Quem nunca ouviu falar em cura quântica, da computação nas nuvens ou da SUPERNAMODA Inteligência Artificial.

Como membro honorário do clube oficial do Hype da IA e aproveitando que eu estou estudando sobre o assunto que será tema do meu TCC (oremos), decidi produzir uma série de posts aqui no blog no pra tentar desmistificar o tema e com sorte impedir o surgimento do Deepak Chopra da Computação.

O primeiro post será um apanhado geral sobre a história da Inteligência Artificial e como chegamos até aqui.

The hype is real

Continue lendo IA e eu

Comportamento na lista de e-mails

Chegou à minha atenção que eu virei assunto na lista de e-mails.

Considero isto um desperdício de tempo, “mas se todos gostam eu vou voltar” – Raul Seixas.

Continue lendo Comportamento na lista de e-mails